Viver é buscar a felicidade

Aslan

Essa vida é muito curta. De uma rapidez inquestionável. Efêmera em todas as suas dimensões. Tênue como um rajada de vento. Esperamos que, depois do seu fim, novos recomeços aconteçam, pois, somente assim, aliviamos um pouco a dor da finitude. Por isso, não podemos gastar tempo com questiúnculas nem devemos perder energia com aqueles que não merecem. Nossa busca deve focar o equilíbrio e o sentido de existir. A felicidade é a palavra chave dessa vida. Ela é o porquê do acontecer. Tudo é muito breve e o tempo não deverá ser desperdiçado com aquilo que não alimenta a alma e que não vale à pena. Como dito por Aslan, o leão com vários simbolismos de Nárnia: “para mim, todo o tempo é breve”.

Régis Barros