As pessoas que eu quero…

DSC03617

Quero me cercar de pessoas boas. Mas, pessoas boas em essência. Não simplesmente de pessoas que forçam a bondade por normas sociais. Quero me envolver com pessoas dignas e humanas cujo humanismo é um princípio ideológico potente e replicável. Quero aprender com pessoas leves e puras capazes de aceitar o diferente. Quero gargalhar com pessoas pulsantes e que não têm medo da vida e muito menos receio do viver. Quero conviver com pessoas que aceitam o errar e que não se esquivam da realidade em face da preocupação do falhar. Quero andar de mãos dadas com pessoas imperfeitas e que não se julgam inquestionáveis. Quero viver com humanos sinceros. Quero amar essas pessoas desprovidas de desejos materiais inconseqüentes, pois eles são os mais atraentes em todos os aspectos. Quero abraçar essas pessoas que choram quando a dor emocional lhe machuca. Quero dançar com pessoas que não ficam congeladas pelo fato de não dançar bem. Seria ótimo ter os pés pisados por pessoas de bem. Certamente, o âmago da bondade não criará calos ou outras feridas. Quero reverenciar as pessoas que escutam, consolam e sorriem, pois tais posturas ocorrem em pessoas que valem à pena. Quero dividir minhas conquistas com pessoas que não julgam os outros por credo, cor, status, orientação política e sexual. Quero olhar para o mundo, procurar e encontrar essas pessoas. Quero ter a certeza de que eu sou, somente, um sonhador e não um delirante. Quero muito ter pessoas assim no meu cotidiano. Quero me apaixonar por essas pessoas. Facilmente, eu me apaixonarei. Basta que tais pessoas cruzem o meu caminho. Sempre quero mais. Sempre busco mais. Sou um incansável detetive que não perde a motivação de catalogar cada uma dessas pessoas. Para mim, somente essas pessoas povoarão meu mundo interno. Somente elas farão valer a minha existência. Somente assim, eu me sentirei vivo e motivado em continuar intensamente minha jornada de vida.

Espero encontrar essas pessoas cada vez mais. Algumas eu já encontrei, todavia espero por outras. Inúmeras dúvidas surgem nessa busca, por exemplo: existem muitas outras pessoas com tais características? Eu posso ser considerado uma pessoa assim? A esperança me guia durante essa procura. Não deixarei que ela se apague até por que as pessoas que quero darão sentido à minha vida.

Régis Eric Maia Barros