Manicômios

A todo jovem que sonha em ser médico, eu recomento que se tenha contado com duas obras: o documentário “Em nome da razão” do cineasta Helvécio Ratton e o livro “Holocausto Brasileiro” da escritora e jornalista Daniela Arbex. E por que sugiro que se tenha contado com essas produções? Por que a medicina, quando está presa ao perverso e ao mercantilismo sem freios, é capaz de atrocidades. Na verdade, não só a medicina. Qualquer área ou saber humano, que atue essa vertente, será capaz de males difíceis de descrever. No entanto, como a medicina existe, sobremaneira, para cuidar daqueles que…

0 Comentários

Qual o escopo da psiquiatria?

Certamente, muitos responderão pautados na neuroanatomia. Ou seja, alguns dirão que são as vias límbicas e mesolímbicas. Outros falarão do córtex frontal e pré-frontal. Seria o Núcleo accumbens? Seria o hipocampo? Seria a substância cinzenta? Seria tudo isso conjugado integrado? Enfim, aonde a psiquiatria atua? Para mim, ela atua no coração (sentido figurado) e na alma (sentido filosófico). E por que defendo isso? Por que a psiquiatria e, por conseguinte, o psiquiatra atua no afeto e na essência de cada pessoa. A psiquiatria tenta despertar sonhos e desejos. A psiquiatria insiste na busca do equilíbrio. A psiquiatria doa amor. A…

0 Comentários

Culpa

Dentre os vários sentimentos negativos, este é um sentimento complicado de se ter. E como ele é comum! Sentir-se culpado, por escolher ou deixar de escolher caminhos na espiral da vida, é algo muito convencional na história de muitos. Reflexões do tipo -"se eu tivesse feito ou escolhido diferente, teria sido melhor"- emanam das mentes atormentadas pela culpa. A culpa agrega cobrança, julgamento e dor ressaltando que o tempo presente nunca será capaz de consertar o passado. Portanto, não é uma raridade perceber pessoas presas a culpa e pessoas congeladas pelas escolhas de outrora. Sempre penso em uma analogia quando…

0 Comentários

Renascer

Um paciente, que quase morreu, me falou algo marcante na última semana. Na verdade, em função de uma grave depressão, ele quase se matou. Ele me falou: “doutor, viver é um ato de renascer até por que todos nós, sem exceção, temos histórias tristes a contar”. Perfeito! Ele está certo. Sem exceção, caminhamos na linha do tempo e a dor, de uma forma ou de outra, sempre nos tocará. Não há como fugir disso. “Eita” que vida hábil em nos dar bordoadas! Portanto, como dito pelo sábio paciente, para que nós possamos viver, será preciso aprender a renascer. Um renascimento…

0 Comentários

Tempo…

“Tempo, tempo mano velho”. Corremos e vivemos correndo. Olhamos para o tempo e desejamos vencê-lo. Mas, por que e para que? Não o respeitamos. Não percebemos que precisamos de tempo para nós e que o relógio não pode ser a moeda da vida. Os ponteiros passam. E daí! Deixem passar. Só não se esqueça de você. Use o coração. Entenda que ele comanda o tempo. Ele é soberano. O coração é poesia. O relógio é ditado de caligrafia. Portanto, os ponteiros cobram e perturbam. As batidas do coração podem libertar. Esse seu coração pede para que você se jogue na…

0 Comentários

Memórias…

Que dia duro! Que dia difícil! Muitos atendimentos pesados. Muitas histórias compartilhadas. A última consulta foi um caso novo. Uma paciente idosa acompanhada dos seus dois filhos. Uma queda cognitiva numa pessoa previamente bem funcional. Funções executivas que evidenciavam lacunas. Memória recente dando mostras de lapsos e déficits. Como é difícil realizar a propedêutica do diagnóstico de uma síndrome demencial. Pelo menos para mim é. Os olhos de todos, que estão nessa situação, cravam-me torcendo para que eu traga outra hipótese reversível capaz de justificar a queda da cognição. Nessa paciente de hoje, aconteceu isso. Eu a entrevistei. Eu testei…

0 Comentários

A psiquiatria

Hoje, depois de um longo dia de atendimentos, pensei em escrever esse pequeno relato. Talvez, o corpo cansado e a mente fadigada fizeram-me escrever esse pequeno texto. O objeto da psiquiatria está na mente. Os mais biologicistas poderão dizer que o cérebro e suas conexões seriam esse objeto. Os mais psicodinâmicos poderão dizer que a organização da psique seria esse objeto. Eu considero que o outro, ou seja, o paciente, em toda sua dimensão humana, configura o objeto de estudo e de trabalho da psiquiatria. Eu, enquanto psiquiatra, olho para o paciente na sua dimensão e nas suas relações humanas.…

0 Comentários

Um caminho de flores…

Certa vez, um paciente perguntou-me: “doutor, o senhor tem medo de caminhar no caminho da vida?”. Respondi que, às vezes, sim, mas, quando temo, eu procuro a luz e as flores e, se eu pudesse doar, eu doaria a todos um caminho de flores. E por quê? Por que, numa jornada difícil, como é a vida, ter flores consigo permite uma paz interior. Flores e amor se misturam. Flores e paixão se tocam. Flores e sonhos acordam juntos. Então, tê-las, ao caminhar pelos percalços da vida, significará a certeza do divino, sobretudo pela possibilidade de degustar do amor, da paixão…

0 Comentários

Uma eterna criança…

Se eu pudesse escolher, seria, para sempre, uma criança. Sem cobranças e sem pressões sociais. Assim, uma criança é ou, pelo menos, assim, deveria ser. Um ser que sonha e vive o sonho. Ou melhor, um ser que se joga e que participa do seu próprio sonho. Assim, uma criança é. Se eu pudesse, não sairia dessa faixa etária, visto que, uma criança enxerga o mundo por uma lente mais pura e bela. Uma lente mais bondosa. Viver sem metas e sem disputas. Sem preconceito e sem domínio. Se eu pudesse, daí, não sairia, pois a impulsividade e a molecagem…

0 Comentários

Precisamos de mais Rock…

Junto com o Leozinho, eu tive o prazer de assistir o filme “Escola do Rock”. Ele adora rock'n'roll e, por isso, namora com sua guitarra nas aulas de música. Além da trilha sonora fantástica, o filme nos ensina pelo menos duas coisas: a escola precisa libertar e a música é um instrumento de libertação. Como dito pelo mestre Rubem Alves, “há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas”. Onde a música habita, as asas baterão e os voos poderão ser plenos. Onde o rock existe, a liberdade será certa e as asas serão firmes. Assim é o…

0 Comentários